domingo, 13 de maio de 2012

POEMA FEITO PELA MINHA IRMÃ GENA MARIA

UM FELIZ DIA PARA TODAS AS MÃES!
ABRAÇOS DA LENA
 Perdão minha Mãe
(dedico a minha mãe Julieta
que faleceu 52 dias após esta foto)

Perdão
Minha mãe, por não ter te amado como merecias...
Muitas vezes não ouvi com a devida atenção tuas historias...
Perdão
Mãezinha por não ter demonstrado em palavras
O grande amor que sentia pela senhora...
Perdão
Por não ter feito o carinho que muitas vezes esperou de mim...
Perdão
Por não ter dado mais beijos e abraços além dos que te dei...
Perdão
Minha mãe pelas vezes em que te fiz sofrer por não ter agido como deveria...
Perdão
 Minha mãezinha por pensar que serias eterna...
E não aceitar que teria que me deixar um dia!
O meu muito obrigado, por tudo, tudo, tudo...
Tentarei dar aos meus filhos o mesmo amor desmedido que recebi
Pelos meus longos sessenta anos de vida
(hoje 66 anos)
A sua benção minha mãe
De sua filha Genoca como carinhosamente me chamava
* 31/07/1915
+21/09/2005

Julieta Camargo, a mãe mais linda!!!

2 comentários:

Madá disse...

Parabéns pelas palavras Marcantes Verdadeiras e Sinceras, que faço minhas mil vezes, PARA CADA MINUTO DAQUELA CONVIVÊNCIA de 70 anos!
Perdoa-me minha MÃE! Olha por nós,seus 10 órfãos...há 7 anos!

O mesmo ao nosso PAI que nos deixou há 41 anos! PERDÃO!PERDÃO!!!
SAUDADES! SAUDADES! SAUDADES!

PAZ e BEM!
12/08/2012
Madá

Encante seus olhos disse...

Que artista!!!
Fiquei encantada com o apoio e mais ainda por saber que você e Gena são irmãs.
Durante anos minha irmã Rose e eu trabalhamos juntas na arte. Ela tem uma longa trajetória de trabalhos para revistas.
Feliz por ter a oportunidade de te conhecer e seu maravilhoso trabalho.
A poesia feita por Gena para sua mãe, meu Deus é linda, mais linda ainda D. Julieta.
Se tiver oportunidade leia a poesia"Bonequinha de Espiga de Milho" no meu "Luz da Minha Alma".
Um abraço.
Maria da Graça